TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
01/05/18 - Prevenção reduz despesas com seguro saúde
Apostar na saúde. Eis um investimento que rende bons frutos para todos. O mundo corporativo e as operadoras de saúde têm um interesse ainda maior nisso: redução de custos. Se o cliente estiver bem, menor será o uso dos serviços médicos. "É como previdência. Quanto antes a pessoa começar a cuidar da saúde, mais benefícios terá com o passar dos anos" , diz Maurício Lopes, vice-presidente de saúde da SulAmérica, que tem o programa Saúde Ativa, com mais de 90 mil inscritos, para estimular hábitos saudáveis, além de outros programas como o Idoso Bem Cuidado.
De acordo com a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), nos últimos dez anos, os gastos médicos aumentaram 232%; a inflação no mesmo período foi de 71%, em média, de acordo com IPCA, ao mesmo tempo em que os planos foram reajustados pela Agência Nacional de Saúde (ANS) em 158%. "A renda da sociedade brasileira não suporta o aumento desmesurado dos custos da medicina. Combater desperdícios e melhorar a eficiência são premissas básicas para dar sustentabilidade à saúde suplementar", defende Solange Beatriz Palheiro, presidente da FenaSaúde.

A moda pegou. A visão passou a ser cuidar do cliente e não apenas administrar e viabilizar o atendimento, como era feito no passado. Segundo pesquisa da Mercer Marsh Benefícios, realizada em 2017 com 690 empresas que juntas empregam 1,7 milhão de colaboradores, os investimentos em programas de saúde e bem-estar dos funcionários cresceram 21% nos últimos dois anos. Em 2017, as empresas investiram R$ 271,2 por funcionários, valor acima dos R$ 224,1 direcionados para programas de saúde e bem-estar em 2015. O estudo também mostra que nos próximos dois anos 38% das empresas pretendem aumentar seus investimentos em saúde.

A fim de manter a base de segurados saudável, o Bradesco Saúde criou o programa Juntos pela Saúde. "A mudança de hábitos de vida é fundamental em qualquer programa de saúde, não sendo diferente no acompanhamento de pacientes com patologias crônicas", diz Flávio Bitter, diretor gerente da Bradesco Saúde e da Mediservice. Quando o programa, que tem como meta estimular a prática esportiva, teve início, 28,7% da base de clientes praticava esporte. "Hoje, 38,5%", comemora.

A Porto Seguro Saúde adota diferentes estratégias de gestão médica. A superintendente Mônica Bortolossi destaca o home care. "Sempre que o médico do segurado e familiares concordarem e o estado clínico do paciente justificar a medida, a Porto Seguro Saúde libera a implantação de home care para os mais diversos casos", diz.

Na Unimed, o programa "Mude1Hábito" pretende, segundo Orestes Pullin, presidente da Unimed do Brasil, encorajar as pessoas a ter um estilo de vida mais saudável.


Fonte: Valor Econômico - 26/04/2018
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
O impacto da pandemia no futuro dos espaços em saúde
Exame de Obtenção de Título de Especialista em Medicina Preventiva e Social e Certificado de Área de Atuação em Administração em Saúde 2020
Webinar - A Arquitetura e Engenharia Hospitalar contribuindo para o Controle da Infecção Hospitalar
2020 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
Curso da APM ajuda na sustentabilidade de empreendimentos médicos
Liderança 4.0
Mais Recentes
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Grupo de Indicadores de Enfermagem

apmsompas