TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
06/05/16 - Remédios mais caros puxam inflação da baixa renda em abril
Os mais pobres são os mais prejudicados com o prcesso inflacionário
O reajuste de 12,5% nos medicamentos foi parcialmente repassado para os preços nas farmácias e contribuiu para elevar a inflação da cesta de produtos e serviços das famílias que recebem até 2,5 salários por mês, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com isso, o Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,69% em abril, alta bem acima da registrada em março, de 0,44%. Em abril de 2015, o indicador havia avançado 0,74%. Com o resultado, o IPC-C1 acumula alta de 3,82% no ano e de 9,94% nos últimos 12 meses.

A inflação das famílias de renda mais baixa ficou acima da inflação geral, medida pelo IPC-BR, que registrou variação de 0,49% em abril. No acumulado em 12 meses, o IPC-C1 também superou o IPC-BR, que subiu 9,24%.

O grupo saúde e cuidados pessoais puxou a inflação de abril, ao sair de 0,36% para 3,49%, por causa dos medicamentos, cuja alta passou de 0,13% em março para 7,02% no mês passado.

Mais três classes de despesa também registraram altas mais acentuadas: transportes (0,19% para 1,12%), vestuário (0,37% para 0,82%) e educação, leitura e recreação (0,42% para 0,52%), influenciadas por tarifa de ônibus urbano (0,06% para 1,31%), roupas (0,50% para 0,92%) e passagem aérea (-6% para 1,04%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos alimentação (1,21% para 0,62%), despesas diversas (0,97% para 0,29%), comunicação (0,69% para 0,04%) e habitação (-0,43% para -0,46%) registraram variações menores, por conta, respectivamente, de carnes bovinas (0,91% para -0,25%), cigarros (1,27% para 0,14%), tarifa de telefone residencial (0,34% para -0,38%) e aluguel residencial (0,67% para 0,36%).

O IPC-C1 é apurado em sete capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Porto Alegre e Brasília.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
O impacto da pandemia no futuro dos espaços em saúde
Exame de Obtenção de Título de Especialista em Medicina Preventiva e Social e Certificado de Área de Atuação em Administração em Saúde 2020
Webinar - A Arquitetura e Engenharia Hospitalar contribuindo para o Controle da Infecção Hospitalar
2020 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
Curso da APM ajuda na sustentabilidade de empreendimentos médicos
Liderança 4.0
Mais Recentes
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Grupo de Indicadores de Enfermagem

apmsompas