TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
29/04/14 - Os desafios da nova organização. Como será o mundo em 2030
A FNQ conversou com Marcelo Cardoso, presidente do Instituto Integral Brasil e responsável pela inovação, sustentabilidade e RH do Grupo Fleury, antes de sua palestra no Seminário Internacional em Busca da Excelência
imagem
Marcelo Cardoso


De que maneira você irá abordar a temática da nova organização?

Irei mostrar algumas incertezas críticas em algumas áreas como tecnologia; comportamento das pessoas; relação com o consumidor; modelos de negócio e modelo de empresa, mostrando que podemos estar diante de uma ruptura civilizatória. A ideia é também entendermos a perspectiva de qual o papel das empresas neste processo e como podemos estar respondendo a estes desafios.


Quais pontos você destacaria?

Vivemos em um cenário de rupturas tecnológicas que vem acontecendo na medicina, como a biologia molecular e a medicina personalizada. Ampliando um pouco mais este cenário e analisando também as questões ambientais, onde efetivamente os recursos não são disponíveis para incluir 7 bilhões de pessoas no planeta, precisamos entender qual o papel das empresas neste contexto global. Como as empresas podem passar a navegar neste mar de incertezas e neste ambiente de absoluta complexidade.


Como o Grupo Fleury está lidando com este cenário de incertezas?

Nós sempre colocamos em pauta e discutimos o cenário global aqui no Grupo Fleury. A única certeza que temos quando olhamos para as rupturas que estão acontecendo no mundo é que os negócios vão ser muito diferentes num curto espaço de tempo e, portanto, temos que nos preparar da melhor maneira possível para fazer parte desta transição e do futuro.


Como vocês estão se preparando?

Temos um processo de olhar para o futuro, de mapear as incertezas críticas e os sinais fracos e compreender como estas podem afetar o negócio. Isso tudo resulta na nossa arquitetura/plataforma tecnológica de inovação, ou seja, o que estamos pesquisando e desenvolvendo está muito relacionado em como se preparar para este futuro.


O que representa para você esta participação do SEBE Internacional?

Eu me sinto muito honrado de estar participando do SEBE Internacional. Nos últimos 7 anos estive bastante próximo da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e dos temas do Modelo de Excelência da Gestão® (MEG). Fico muito feliz de poder contribuir com este tema que acho de absoluta relevância.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Hospital Netto Campello recebe selo do CQH
Mais Recentes
LANÇAMENTO 08/11/19
COMUNICAÇÃO 04/11/19
BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO 25/10/19
LIDERANÇA 25/10/19
SÍNDROME DE BURNOUT 25/10/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança