TRANSLATE:
header_logo
Login
ESTRATÉGIAS E PLANOS
Entenda o Indicador Nacional da Maturidade da Gestão 2013
Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) produziu um estudo que revela o nível de aderência em cada um dos oito Critérios do Modelo de Excelência da Gestão
A Revista Classe Mundial, número 14, traz uma matéria sobre os resultados referentes ao Indicador Nacional da Maturidade da Gestão (INMG), aplicado nas organizações participantes do PNQ 2013. O Indicador, criado em 2011, pela FNQ, mede o nível de aderência aos Critérios do Modelo de Excelência da Gestão®(MEG) e utiliza uma escola de 0 a 100 pontos.

Para ler a reportagem completa, da Revista Classe Mundial da FNQ, faça o download neste link.

A partir da análise do desempenho das organizações reconhecidas no ciclo 2013 do Prêmio Nacional da Qualidade® (PNQ), nas que se candidataram ao Prêmio e naquelas que passaram para a etapa de visitação, a FNQ produziu um estudo que revela o nível de aderência em cada um dos oito critérios do MEG. Esse resultado mostra que as organizações que participaram no PNQ 2013 aprimoraram suas práticas de desenvolvimento de mercado e de relacionamento com clientes, bem como adotaram processos que visam mitigar os impactos socioambientais e promover o desenvolvimento social. Das 30 empresas que se candidataram ao PNQ, a média geral alcançada foi de 50,8 pontos. Os Critérios Pessoas e Clientes tiveram as maiores pontuações (65 e 63 pontos).

Para o superintendente-geral da FNQ, Jairo Martins, com o histórico evolutivo da maturidade da gestão, é possível realizar melhorias. “O objetivo da FNQ é consolidar o INMG como um índice de competitividade e produtividade das organizações no Brasil, capaz de servir de referência para direcionar e estimular investimentos internacionais no Brasil”, explicou.

Segundo o gerente de Capacitação e Premiação da FNQ, Gustavo Utescher, as empresas que não participam da premiação podem aplicar a metodologia do MEG e verificar em que patamar se encontram perante as reconhecidas no PNQ. “As empresas podem utilizar o INMG como referência para avaliar o seu próprio nível de maturidade em relação as demais organizações brasileiras que se submetem a prêmios que utilizam o MEG como referência”, explicou.

imagem
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
Curso da APM ajuda na sustentabilidade de empreendimentos médicos
Liderança 4.0
Novo : Desafios da Lei Geral de Proteção de Dados para a Área da Saúde
Gestão de Pessoas em Saúde
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Mais Recentes
Indicadores para análise durante a pandemia - CQH e APM 03/07/20
Soluções Emergenciais para Ambientes Contaminados com Covid-19 03/07/20
Ikigai 03/07/20
Dr. Eduardo D'Aguiar concede entrevista para a TV Cultura 03/07/20
Sejam bem-vindos equipe da Santa Casa de Curitiba, o mais novo hospital a aderir ao Programa CQH. 03/07/20
Cibelle Naves - Coordenadora do Nageh IRAS - Uma Reflexão em Tempos de Covid-19 11/06/20
Medidas do sistema de saúde da Holanda no enfrentamento da Covid-19 11/06/20
Homenagem da Sta Casa São Jose Rio Preto ao mês da Enfermagem 10/06/20
A Gestão da Crise Covid-19 no Hospital das Clínicas da FMUSP 10/06/20
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança

apmsompas