TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMOS ARTIGOS
DESEMPREGO INTENSIFICA PROCURA POR QUALIFICAÇÃO E ESTABILIDADE EMOCIONAL
Veja o que recrutadores valorizam hoje
O restabelecimento da economia brasileira está acontecendo de maneira mais morosa do que o esperado e com isso o desemprego continua a crescer e hoje atinge 13,7 milhões de trabalhadores no país.
De acordo com dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos três primeiros meses de 2018, o total de pessoas empregadas no setor privado com carteira de trabalho assinada, foi de 2,9 milhões, o que representa um declínio de 1,2% em relação ao trimestre antecessor. No mercado informal, o desemprego também aumentou. Entre os meses de janeiro e março deste ano, a quantidade de empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada (10,7 milhões de pessoas) recuou em 402 mil pessoas.
Com este panorama que ainda reflete as consequências da crise, o trabalhador atual precisa saber lidar com o desemprego e descobrir novas formas de conquistar um novo emprego. Em consequência do desemprego e instabilidade econômica, muitas pessoas vêm desenvolvendo distúrbios emocionais e físicos que atrapalham significativamente em sua recolocação no mercado. Para essas pessoas, é imprescindível que procurem pela ajuda profissional de um coach ou psicólogo para que sejam desenvolvidas defesas e resistência contra doenças como a síndrome do pânico, depressão, ansiedade, gastrite nervosa, dentre outras.
É importante que o desempregado se mantenha ocupado durante o período ocioso. No tempo em que se encontra sem emprego, os trabalhadores precisam permanecer ativos. Seja na procura por vagas de emprego, contato com headhunters, recrutadores e consultores de recursos humanos, ou mesmo, na participação em cursos, feiras, congressos, conferências e palestras. O importante é adquirir novos conhecimentos e habilidades, e não se abater ou desenvolver algum problema de saúde.
Se manter flexível e apto a trabalhar em áreas que não contemplem exatamente o campo de atuação usual ou ideal; saber organizar o próprio tempo; aprender a equilibrar os gastos; aprimorar sua capacitação e realizar algum trabalho voluntário, são algumas atitudes que podem ajudar o trabalhador a enfrentar o desemprego e acelerar sua retomada profissional. Ao longo do momento de desocupação, existem várias vias a serem seguidas por parte dos profissionais. Grande parte dos profissionais que se encontram desempregados, vem procurando pela ajuda de empresas de recolocação profissional, onde recebem apoio e acompanhamento de carreira. Para as pessoas que procuram abrir um negócio próprio, é preciso investir em cursos de gestão e empreendedorismo, pois todos os problemas e benefícios desse novo investimento devem ser conhecidos. Já para as pessoas que não querem ser empresários, mas querem atuar como colaboradores para outras empresas são necessários que desenvolvam uma rede profissional de relacionamentos que seja eficiente, sólida e equilibrada.
Fonte:- Redação P&N
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
Gestão de Pessoas em saúde
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Mais Recentes
Gestão de Pessoas em saúde 09/12/19
HAPVIDA COMPRA MEDICAL 04/12/19
Hospital da FAB obtém selo de qualidade pela oitava vez 28/11/19
Hospitais podem aumentar lucro e disponibilidade com gestão de ativos 28/11/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança