TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
23/09/16 - 6 Dicas para comunicar com o cliente por mensagens
As aplicações de mensagens estão no centro do comércio conversacional, marcando uma maneira nova e personalizada para as marcas e os clientes interagirem uns com os outros.
Uma vez que as mensagens já são um modo de comunicação diário para muitas pessoas, as marcas são capazes de capitalizar com a familiaridade e a atração natural por essas aplicações, assim como pelas SMS, para chegar a mais clientes e para otimizar as experiências de serviço e de vendas. No entanto, podemos interrogar-nos sobre até que ponto é que as marcas devem ser informais nesses canais: por um lado, as mensagens são normalmente ligeiras e amigáveis nas comunicações pessoais, no entanto as marcas precisam de adotar um tom profissional sem serem, ao mesmo tempo, demasiado severas. Aqui vão seis dicas para otimizar as comunicações por mensagens para um serviço ao cliente natural e apelativo.

imagem



Conhecer os Clientes

Compreender os perfis dos clientes é essencial para comunicar melhor com eles. O cliente em questão é novo, interessado em tecnologia ou artigos de moda? Ou talvez de uma geração anterior e esteja interessado em mudar de operadora de telemóvel? As marcas devem fazer um esforço para identificar os clientes individualmente e adotar uma tonalidade que melhor se adeque aos interesses e personalidade do cliente, prestando atenção ao tipo de linguagem que o cliente usa ao longo de cada conversa.


Apresentar-se

Os representantes devem sempre humanizar a experiência apresentando-se de um modo amigável. É também importante perguntar pelo nome do cliente, seguido por um cumprimento simples perguntando o que o representante pode fazer pelo cliente. As comunicações por mensagens implicam estabelecer um tom conversacional.


Fazer Perguntas

Manter uma conversa implica fazer boas perguntas. No serviço ao cliente, os representantes precisam sempre de fazer perguntas, não apenas para ajudar melhor os clientes, mas também para se assegurarem que estão a compreender. Assegure-se que faz perguntas detalhadas quando um cliente está a pesquisar um produto, verifique que compreendeu após explicar uma questão técnica e pergunte se pode ajudar em mais alguma coisa antes de concluir uma transação.


Ouvir os Clientes

Uma atitude proativa é sempre importante no serviço ao cliente, mas ouvir o cliente é igualmente fundamental. Comunicar por mensagens deve ser uma comunicação bilateral, não apenas uma oportunidade para uma marca fazer ofertas de marketing repetidas ou inundar um cliente com informação. Tire tempo para ouvir o que o cliente quer e mantenha a conversa equilibrada e centrada.


Manter as Mensagens Curtas e Eficientes

Mensagens longas podem tornar-se maçadoras, portanto é sempre melhor separar respostas numa série de mensagens mais curtas. Se um representante precisar de mais tempo para pesquisar uma questão, é importante manter o diálogo a fluir com frases curtas que mantenham o cliente informado e envolvido. Mantenha a informação concisa e focada, não se esquecendo de valorizar o tempo do cliente.


Não Abuse dos Emoticons e da Linguagem Informal

Globalmente falando, a linguagem informal não é a melhor ideia no que respeita ao serviço ao cliente. Algumas marcas direcionadas aos mais jovens poderão adotar uma linguagem ligeira para se ligarem aos clientes mais novos e, para elas, poderá ser a melhor estratégia. No entanto, usar expressões que os clientes poderão não compreender, poderá isolá-los completamente, portanto tenha cuidado. O mesmo é verdade para os bonecos: podem ser extremamente populares nas comunicações pessoais, mas limitar o seu uso apenas aos mais simples é geralmente o mais acertado.


As comunicações por mensagens são ideais para a interação com os clientes de forma natural, mas mantendo ao mesmo tempo o serviço profissional que desejam. Ao seguir estas dicas, os seus clientes beneficiarão de uma experiência verdadeiramente personalizada, eficiente e autêntica. Como líder global de soluções de software para centros de contacto baseadas na nuvem para serviço ao cliente e vendas, a Vocalcom optou por integrar Facebook Messenger, Telegram, WeChat, Viber, Kik e SMS na sua plataforma de centros de contacto na nuvem de modo a evoluir para uma plataforma superior de comércio conversacional para fornecer as melhores experiências ao cliente.


Fonte: http://www.vocalcom.com
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Hospital Netto Campello recebe selo do CQH
Mais Recentes
EUROFARMA E KNIGHT THERAPEUTICS DISPUTAM A BIOTOSCANA 21/10/19
PRÉ LANÇAMENTO “GESTÃO DE PESSOAS EM SAÚDE”: 11/10/19
FLEURY COMPRA DIAGMAX 08/10/19
AUTOGESTÃO 07/10/19
Apresentações 30/09/19
Apresentações 30/09/19
PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS 27/09/19
SÍNDROME DE BURNOUT 23/09/19
LIDERANÇA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO 23/09/19
GOVERNANÇA CORPORATIVA 23/09/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança