TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
06/05/16 - Remédios mais caros puxam inflação da baixa renda em abril
Os mais pobres são os mais prejudicados com o prcesso inflacionário
O reajuste de 12,5% nos medicamentos foi parcialmente repassado para os preços nas farmácias e contribuiu para elevar a inflação da cesta de produtos e serviços das famílias que recebem até 2,5 salários por mês, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com isso, o Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,69% em abril, alta bem acima da registrada em março, de 0,44%. Em abril de 2015, o indicador havia avançado 0,74%. Com o resultado, o IPC-C1 acumula alta de 3,82% no ano e de 9,94% nos últimos 12 meses.

A inflação das famílias de renda mais baixa ficou acima da inflação geral, medida pelo IPC-BR, que registrou variação de 0,49% em abril. No acumulado em 12 meses, o IPC-C1 também superou o IPC-BR, que subiu 9,24%.

O grupo saúde e cuidados pessoais puxou a inflação de abril, ao sair de 0,36% para 3,49%, por causa dos medicamentos, cuja alta passou de 0,13% em março para 7,02% no mês passado.

Mais três classes de despesa também registraram altas mais acentuadas: transportes (0,19% para 1,12%), vestuário (0,37% para 0,82%) e educação, leitura e recreação (0,42% para 0,52%), influenciadas por tarifa de ônibus urbano (0,06% para 1,31%), roupas (0,50% para 0,92%) e passagem aérea (-6% para 1,04%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos alimentação (1,21% para 0,62%), despesas diversas (0,97% para 0,29%), comunicação (0,69% para 0,04%) e habitação (-0,43% para -0,46%) registraram variações menores, por conta, respectivamente, de carnes bovinas (0,91% para -0,25%), cigarros (1,27% para 0,14%), tarifa de telefone residencial (0,34% para -0,38%) e aluguel residencial (0,67% para 0,36%).

O IPC-C1 é apurado em sete capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Porto Alegre e Brasília.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
CQH 2019 - XX CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE EM SERVIÇOS DE SAÚDE e III CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA PREVENTIVA E DE ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Mais Recentes
PRÉ LANÇAMENTO “GESTÃO DE PESSOAS EM SAÚDE”: 11/10/19
FLEURY COMPRA DIAGMAX 08/10/19
AUTOGESTÃO 07/10/19
Apresentações 30/09/19
Apresentações 30/09/19
PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS 27/09/19
BURNOUT 23/09/19
LIDERANÇA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO 23/09/19
GOVERNANÇA CORPORATIVA 23/09/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança