TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
23/07/15 - Um a cada cinco remédios no Brasil é falsificado.
Enquanto a média mundial de remédios falsificados é de 10%, no Brasil esse número chega a 19%, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde)
O somali Osman Mohamud Muhumed, 52, ficou seis meses de cama após tomar um remédio falsificado para malária. Ele percebia que o remédio não fazia efeito, voltava ao hospital em Mogadício, capital da Somália, e continuava recebendo o mesmo medicamento deficiente. Isso levou Muhumed a desenvolver dificuldade para andar, segundo relato recente à TV árabe Al Jazeera.

Muhamed foi uma das vítimas da falsificação dos medicamentos. Mas não pense que isso só acontece na África. Enquanto a média mundial de remédios falsificados é de 10%, no Brasil esse número chega a 19%. Em alguns lugares da América do Sul a média pode chegar a 30%, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

Entre os produtos mais falsificados estão os remédios contra a impotência.

Tomar um medicamento falsificado pode ter diversos efeitos: desde não tratar a doença que se pretende, passando pelo surgimento de efeitos colaterais danosos chegando até a morte. Por estar longe da fiscalização, os remédios irregulares podem ter o princípio ativo alterado ou comprometido e podem não fazer o efeito desejado.

Com a internet, a compra de medicamentos ficou acessível a qualquer um e permitiu a redução do preço dos medicamentos, mas a OMS estima que quase a metade dos medicamentos vendidos online são irregulares ou falsificados. O meio dificulta a fiscalização e pode perpetuar a venda de medicamentos sem controle. Atualmente também, os medicamentos estão entre as cargas mais roubadas do país.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Hospital Netto Campello recebe selo do CQH
Mais Recentes
LANÇAMENTO 08/11/19
COMUNICAÇÃO 04/11/19
BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO 25/10/19
LIDERANÇA 25/10/19
SÍNDROME DE BURNOUT 25/10/19
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança