TRANSLATE:
header_logo
Login
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
13/03/15 - Perspectivas para o futuro das mídias digitais
As três principais empresas mundiais do segmento de mídias digitais debatem o furturo na FGV/Brasília
Na quarta-feira, 11/03, a Fundação Getulio Vargas promoveu, em Brasília, uma mesa redonda com as três principais empresas mundiais do segmento de mídias digitais: Facebook, Google e LinkedIn. Sob a moderação do diretor de Comunicação e Marketing da FGV, Marcos Henrique Facó, os palestrantes trouxeram informações sobre o uso dessas ferramentas no dia a dia dos brasileiros. O acesso habitual faz do Brasil um dos recordistas, ocupando o 3º lugar no ranking de uso das plataformas
De acordo com o gerente de Negócios do Facebook Brasil, Lucas Amadeu, “dos 100% de acesso diário na internet, 14% estão no Facebook”. E, apesar de parecerem concorrentes, as empresas se diferem em suas finalidades e no perfil de público-alvo. O LinkedIn, por exemplo, tem como objetivo “ser a principal plataforma profissional do mundo”, disse a executiva da empresa no Brasil, Bruna Infurna. Já o Google tem como missão a “organização das informações do mundo, para que cada uma delas seja mundialmente acessível e útil”, destacou o gerente de Negócios, Vicente Carrari.
As transformações que as redes sociais propiciam na vida dos usuários foram assinaladas pelo moderador da mesa. O diretor de Marketing da FGV explicou que elas “mudam as interações entre as pessoas, tornando-as mais complexas e alterando seus valores, e transformam os fluxos de informação, criando novos canais”.
A mesa redonda permitiu a análise do tema nos dias atuais e para o futuro, já que as perspectivas estão voltadas para a personificação de mensagens e para o uso da internet mobile. Garantir que as mensagens sejam adequadas e úteis ao usuário é o grande desafio das plataformas. A ‘era mobile’ é parte do mundo globalizado, em que o uso do celular está presente no cotidiano das pessoas e atinge todas as classes sociais. Com isso, “os clientes passam a ser donos da sua marca. O que eles dizem sobre o seu produto, serviço ou marca é mais importante do que o que você diz sobre ela”, concluiu Facó.
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
A tecnologia pode ajudar a sustentabilidade do sistema de saúde do Brasil
A discussão de compliance e ética no CQH 2018
Destaques
Gestão de Pessoas em Saúde
2019 - Concursos para obtenção de título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde
CQH: Hospital Regional de Presidente Prudente recebe selo
Em 25/10/2018, o Hospital Policlin de Taubaté recebeu selo do Programa CQH
Santa Casa de Limeira recebe Selo de Conformidade do Programa CQH
Haino Burmester é homenageado por trabalho à frente do CQH
Mais Recentes
Concentração hospitalar 15/01/20
Despesa com saúde deve subir R$ 10,6 bi até 2027 10/01/20
Enkyo lança pedra fundamental do projeto de expansão do Hospital Nipo Brasileiro em 2020 10/01/20
Ministério da Saúde quer conhecer o perfil de saúde dos brasileiros 10/01/20
Aumento de custo médico-hospitalar deve ser de 15% 10/01/20
Plataforma de gestão otimiza planos, hospitais e SUS e reduz desperdícios 07/01/20
Hospital Samaritano Higienópolis recebe quinta reacreditação da JCI 07/01/20
Mais vidas foram salvas com a redução de infecções em UTIs do SUS 07/01/20
Setor de saúde bate recorde em fusões e aquisições neste ano 07/01/20
Só 7% dos paulistanos apresentam saúde cardiovascular ideal, diz estudo da USP 07/01/20
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
43º Caderno de Indicadores CQH - 2009
5Manual de Gestão Hospitalar
6Por que e como aderir ao Programa CQH
7Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
8Manual de Gestão Hospitalar do CQH
9Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança

apmsompas