TRANSLATE:
Login
Quem Somos
Histórico

A idéia da criação do CQH se inspirou nos trabalhos da Comissão Conjunta de Acreditação de Organizações de Saúde (CCAOS), dos EUA, e resultou de ampla discussão entre diversas entidades ligadas ao atendimento médico-hospitalar no Estado de São Paulo, catalisada pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde. As reuniões iniciais para discussão do projeto em 1989-1990, aconteceram na sede daquele órgão, na avenida São Luiz e posteriormente, se transferiram para a sede do CREMESP na avenida Domingos de Moraes.

Uma vez iniciado, o Programa se estabeleceu na sede da APM, na avenida Brigadeiro Luiz Antônio, onde permanece até hoje. Vários participantes daquelas reuniões iniciais representam hospitais ou entidades ligadas aos mesmos e que até hoje estão filiados ao Programa. Após um projeto-piloto em abril de 1991, o CQH iniciou suas atividades em julho do mesmo ano, com o encaminhamento de comunicação a todos os hospitais do Estado de São Paulo (aproximadamente 800 na época), informando sobre os objetivos do Programa, sua metodologia e convidando-os a se filiarem, mediante o preenchimento de um Termo de Adesão.

Aproximadamente 200 hospitais responderam de alguma forma a este apelo inicial e 120 iniciaram ativamente sua participação. Este número caiu para 80, anos depois e hoje está fixado em torno de 200 participantes, sendo que alguns são de fora do Estado de São Paulo.


O que é CQH?

Um programa de adesão voluntária, cujo objetivo é contribuir para a melhoria contínua da qualidade hospitalar. Estimula a participação e a auto-avaliação e contém um componente educacional muito importante, que é o incentivo à mudança de atitudes e de comportamentos. Incentiva o trabalho coletivo, principalmente o de grupos multidisciplinares, no aprimoramento dos processos de atendimento.


Missão

A missão do Programa é contribuir para a melhoria contínua da qualidade do atendimento nos serviços de saúde mediante metodologia específica.


Valores do CQH

Ética: O Programa CQH incorpora os valores das entidades mantenedoras e respeita a legislação vigente sob todos os aspectos. A participação no CQH requer integridade e honestidade moral e intelectual.

Autonomia técnica: O Programa CQH tem autonomia técnica para ser conduzido, independentemente de injunções que contrariem os princípios definidos em seus documentos básicos: Missão, Valores, Visão, Estatuto e Metodologia de Trabalho.

Simplicidade: O Programa CQH busca a simplicidade. As regras são adequadas e suficientes à realidade hospitalar brasileira.

Voluntariado: O Programa CQH incentiva a participação voluntária dos hospitais, interpretando a busca da melhoria da qualidade como manifestação de responsabilidade pública e de cidadania.

Confidencialidade: O Programa CQH trata todos os dados preservando a identidade dos hospitais participantes.

Enfoque educativo: O Programa CQH promove o aprendizado a partir da refexão e da análise crítica dos processos e resultados.


Entidade Mantenedora

- Associação Paulista de Medicina


Entidades Apoiadoras

- Programa de Estudos Avançados em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde (PROAHSA - HCFMUSP/EAESP FGV);
- Associação Brasileira de Medicina Preventiva e Administração em Saúde (ABRAMPAS);
- Fundação Nacional da Qualidade (FNQ);
- European Foundation for Quality Management (EFQM);
- Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP)

CQH
Apoio:
xhl


sicredi
Blog
Crise leva famílias para baixo de viaduto; "tenho medo que me tirem daqui', diz uma delas. Grupo formado por 120 pessoas divide área debaixo do viaduto Guadalajara, na região central de São Paulo, por conta da crise econômica no País. Este o legado de 14 anos de PT; e ainda há os que dizem que houve diminuição da pobreza e melhor distribuição de renda.
MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO - UMA IMPORTANTE INFORMAÇÃO PARA TOMADA DE DECISÃO E NEGOCIAÇÃO NOS SERVIÇOS DE SAÚDE.
Destaques
RAS On-line
Concurso para obtenção do título de especialista em medicina preventiva e certificado de área de atuação em administração em saúde - 2016
Encontro dos Grupos do NAGEH
RAS Vol. 16 N° 65 Outubro-Dezembro, 2014
Gestão Hospitalar - O Papel do Médico Gestor
RAS Vol. 16 N° 64 Julho-Setembro, 2014
Mais Recentes
Programa CQH é desenvolvido com sucesso em hospitais da Guatemala | cqh.org.br/ojs-2.4.8/index.p...
23/04/17
Indicadores PROAHSA 20/04/17
Curso de Comunicação - 28 e 29 de setembro de 2017 18/04/17
Every £1 spent on public health in UK saves average of £14 11/04/17
Nos Estados Unidos, hospitais custam mais de US$ 1 trilhão por ano. Como reconstruí-los melhores. | www.economist.com/news/inter...
10/04/17
Alguns conselhos de liderança de Jack Ma, da Alibaba, maior varejista do mundo | www.inc.com/alexa-von-tobel/...
10/04/17
Por que escritórios com ambientes abertos podem ser ruins para os funcionários 10/04/17
Planos de Baixa Cobertura 10/04/17
5 dicas de tendências para pequenas empresas 10/04/17
PNQ agora é “Melhores em Gestão” 10/04/17
Mais Lidas
1Manual de Indicadores de Enfermagem NAGEH 2012
2Rumo à Excelência: Critérios para avaliação do desempenho e diagnóstico organizacional
3CQH - Roteiro de Visitas
4Manual de Gestão Hospitalar
5Acreditação hospitalar: um movimento inexorável?
63º Caderno de Indicadores CQH - 2009
7Por que e como aderir ao Programa CQH
8Prêmio Nacional da Gestão em Saúde - Ciclo 2015-2016: Regulamento e Instruções para Candidatura
9Manual de Gestão Hospitalar do CQH
10Manual de Gestão - Organização, Processos e Práticas de Liderança
Videoaulas
Haino Burmester fala sobre o seu livro "Manual de Gestão" em programa da BCC Television
Benchmarking